PROGRAMA CEREM

Atualmente gerido pelo InPact no âmbito da parceria com o Aquário Paraíba, o CEREM já vem atuando desde  2017 no resgate de animais marinhos no Nordeste do Brasil.

Uma equipe multidisciplinar de profissionais especializados tem-se dedicado ao resgate, reabilitação e reintrodução ao meio natural de animais marinhos e aquáticos, numa colaboração próxima com o Batalhão de Polícia Ambiental (BPAMB), ICMBio, Ibama, municípios litorâneos da Paraíba e de outros estados do Nordeste e diversas instituições, seguindo as diretrizes dos Centros de Conservação Marinha (IBAMA/ICMBio).

Eixos de trabalho

  • Resgate, reabilitação e reintrodução de animais marinhos debilitados e procedentes de encalhes

  • Avaliação do estado de conservação das espécies da fauna marinha

  • Elaboração e implementação de planos de ação para as espécies ameaçadas de extinção e quase ameaçadas

  • Monitoramento da biodiversidade

  • Apoio ao Sistema de Unidades de Conservação Municipais, Estaduais e Federais

Por que

EXISTE o CEREM?

Ameaças à fauna e flora marinha

  • Degradação do ambiente marinho e costeiro

  • Poluição

  • Derramamento de óleo

  • Metais pesados

  • Pesca predatória

  • Contaminação por óleo e outros produtos químicos

  • Ingestão de plástico sob diferentes formas

  • Mutilações e emaranhamento em redes

  • Mutilação por hélices de barcos ou arpões

  • Retenção por embalagens de madeira ou plástico

Inexistência na Paraíba de local adequado para receber animais aquáticos e marinhos debilitados e procedentes de encalhes.

OS 3 R´S DO CENTRO DE REABILITAÇÃO

DE ESPÉCIES MARINHAS

RESGATE

O Batalhão da Polícia Ambiental atende diversas ocorrências envolvendo animais aquáticos.

Em seguida, caso se revele adequado, segue uma equipe de profissionais do Cerem e parceiros para o local, que prestarão os cuidados necessários.

REABILITAÇÃO

Caso seja necessário, os animais marinhos em dificuldades são transferidos para o Centro de Reabilitação de Espécies Marinha para uma avaliação clínica e comportamental exaustiva, com vista à sua reabilitação e futura devolução ao meio natural.

REINTRODUÇÃo

Após confirmação de que o processo de reabilitação clínica, nutricional e/ou comportamental está concluído, e de que o espécime em causa reúne as condições de sobrevivência no meio natural, se procede à sua reintrodução ao meio natural, onde a espécie tenha distribuição identificada.

Dunas de areia
Animais em perigo!   O que fazer?
PARAÍBA
Ao se deparar com qualquer situação envolvendo animais marinhos e aquáticos em situação de risco,
você deve informar imediatamente uma das instituições abaixo:

Batalhão de Policiamento Ambiental
190 ou (83) 3218-7222

___________________________

ICMBio

Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade
(83) 3246-0016

___________________________

ONG Guajiru

(83) 99608-5226

Aquário Paraíba
(83) 3251-1531 ou (83) 98620-1422

___________________________

IBAMA

Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis
(83) 3198-0800

___________________________

Fundação Mamíferos Aquáticos
+55 (81) 3304-1443 ou +55 (81) 3304-5980

fale com a gente

LOCALIZAÇÃO 

parceiros do cerem

No desenvolvimento de nossas atividades, adotamos a filosofia ágil, colaborativa e participativa. Conheça nossos parceiros:

© 2020 InPact. criado com Wix.com

  • Facebook ícone social
  • Instagram
  • LinkedIn ícone social
  • Twitter ícone social